5 motivos para sua edustartup apostar no ensino híbrido

A metodologia de ensino híbrido – que mescla diferentes formatos e abordagens para o ensino de um só tema – já é realidade nas salas de aula. A combinação de aulas expositivas com projetos práticos e ferramentas de interação digital, por exemplo, é uma maneira de potencializar o processo de aprendizado, atendendo a uma necessidade dos alunos e dando a eles mais liberdade e autonomia nos estudos.

 

Conheça cinco motivos para investir em soluções digitais para a educação:

 

1- Necessidade

Os jovens da chamada geração Z são aqueles que nasceram após a década de 1990, ou seja, cresceram conectados à internet. Para as crianças e jovens dessa geração, a vida online importa tanto quanto a vida offline e é quase impossível desvincular as duas esferas. Do entretenimento às compras, tudo é feito por meio de plataformas digitais. Com o ensino não é diferente: os alunos demandam cada vez mais o uso da tecnologia em sala de aula.

 

2 – Tendência consolidada

O ensino híbrido já se consolidou como uma das tendências mais importantes na área da educação neste século. O modelo é apontado, inclusive, como responsável por uma verdadeira transformação no ensino, uma vez que dá autonomia, estimula a criatividade, o espírito de equipe e a atitude empreendedora. É um caminho sem volta, o que dá mais segurança a quem aposta no desenvolvimento de tecnologias para aprimorar a educação como opção de negócio.

 

3- Escala

A escalabilidade é essencial para a sobrevivência de um negócio em um ambiente econômico dinâmico. Um dos fatores que contribui para que um modelo de negócios seja escalável e tenha valor agregado é a aplicação de tecnologia em suas soluções. Ela permite o crescimento do faturamento a partir de um único investimento inicial, sem aumento considerável das despesas ao longo do tempo, em um movimento de expansão exponencial.

 

4- Recorrência

Ter uma receita recorrente e previsível é outra vantagem de se apostar nas tecnologias digitais. Comercializar um modelo de assinaturas ou um software, por exemplo, é uma excelente maneira de garantir a sustentabilidade financeira do negócio, já que os clientes recorrentes geram menos despesas e estão dispostos a gastar mais do que novos clientes.

 

5- Investimento

Apesar de ter sido o país da América Latina que mais recebeu investimento privado na área da tecnologia da educação em 2016 – um total de R$ 74 milhões -, o Brasil ainda atrai pouco capital para a área da educação se comparado com países como Estados Unidos, China e Canadá. Um dos motivos apontados por especialistas é a dificuldade em acessar o potencial e mensurar resultados de algumas tecnologias. As soluções digitais para educação que consigam impactar significativamente o processo de aprendizado têm, portanto, mais oportunidades de captação de recursos em um mercado ainda em crescimento.

leia também

17 podcasts sobre educação e empreendedorismo
continuar lendo
11 biografias que são verdadeiras lições de empreendedorismo
continuar lendo
Games e o ensino de Matemática: como potencializar o aprendizado lógico
continuar lendo

Quer ficar sabendo de tudo antes? Assine a
newsletter e receba novidades no seu e-mail.

x
área restrita
Usuário
senha