COMO HACKEAR A EDUCAÇÃO POR MEIO DE UM CRITÉRIO IMPORTANTE: O DA FELICIDADE

“O que você quer ser quando crescer?”, “Como estão as suas notas?”, “Preparado para o vestibular?”. Essas são perguntas comuns que crianças e jovens estão acostumados a ouvir, mas que sempre incomodaram o americano Logan LePlante. Graças a esse desconforto, o jovem de apenas 15 anos desenvolveu o hackschooling – método utilizado para encontrar felicidade na escola. “Educação é importante. Mas por que ser saudável e feliz não é considerado (parte da) educação?”, questiona em sua Ted Talk mais famosa.

Para unir educação e felicidade, e levar esse assunto a sério, LaPlante passou a estudar formas de praticar felicidade. E listou pontos importantes para chegar a essa união:

1 – Exercícios
2 – Dieta e Nutrição
3 – Tempo em contato com a Natureza
4 – Contribuição e Serviços para a Comunidade
5 – Relacionamentos
6 – Recreação
7 – Relaxamento e Controle do Stress
8 – Religião e Cuidados Espirituais

Como nem sempre a lista faz parte da grade de disciplinas escolares, ele resolveu hackear a própria educação. “Hackers são inovadores e desafiam o sistema para transformá-lo em algo diferente”. No caso de Logan, ele não usa nenhum currículo em particular e não foca em nenhuma abordagem específica.

Ele se conecta à comunidade, à rede de familiares e amigos e também aproveita as oportunidades de experimentar o que está aprendendo, ou de aprender fazendo. Hoje, o jovem é um empreendedor em educação e propaga suas ideias para que outras crianças, como ele, deem suas contribuições na reformulação do sistema educacional.

leia também

Construção do futuro na Casa do Presente
continuar lendo
Um projeto de comunidade de aprendizagem
continuar lendo
Seminário internacional mobiliza educadores em prol do empreendedorismo
continuar lendo
newsletter
x
área restrita
Usuário
senha