Escola do Sebrae. Desde 1992 estimulando a atitude empreendedora nos jovens

Um dos principais desafios do Sebrae desde sua fundação foi dar aos empreendedores mecanismos para garantir a manutenção de seus negócios. Já não bastava oferece capacitação a quem já empreendia, foi preciso despertar o interesse das novas gerações.

Com os novos padrões da economia do país depois da década de 80, sentiu-se a necessidade de implantar a educação empreendedora no ensino básico. Técnicos e educadores do Sebrae empenharam-se em buscar métodos de ensino na área e escolheram o modelo austríaco de 1850.

Foi assim que a Escola de Formação Gerencial de Belo Horizonte nasceu. Primeiro, em parceria com a Áustria e depois evoluindo os processos para atender à realidade brasileira. Agora, a escola é referência no ensino da educação empreendedora e humanizadora em nível médio no Brasil.

A EFGBH aplica o ensino médio regular junto do técnico em administração. Mas o método vai além disso, usando conceitos que se baseiam na busca de cada estudante pelo seu próprio conhecimento. O aluno de forma sabendo:

  • Aprender a conhecer, isto é, adquirir os instrumentos da compreensão;
  • Aprender a fazer para agir sobre o meio envolvente;
  • Aprender a viver juntos, a fim de participar e cooperar com os outros em todas as atividades humanas; finalmente,
  • Aprender a ser, via essencial que integra as três precedentes.

Entre os projetos que complementam a educação na EFG está o Tutoria. Os estudantes têm a oportunidade de fazer encontros com empresários para que possam ter uma visão de dentro do negócio e tirar suas próprias conclusões sobre a prática do empreendedorismo.

Em outro projeto, o Vitrine, os alunos participam da idealização e concepção de um negócio. Eles mesmos desenvolvem o modelo e plano de negócio, moldando e estruturando em conjunto, nas conversas em grupo e sondagens de mercado orientadas pelos educadores.

Se você quiser conhecer outros projetos e saber mais sobre a atuação da EFGBH, acesse o site http://efgbh.com.br/!

leia também

Saiba como transformar o TCC em ferramenta de empreendedorismo
continuar lendo
Intercâmbio profissional: como a experiência pode enriquecer a formação superior
continuar lendo
Aprender pela experiência: conheça a metodologia criada pela Perestroika
continuar lendo

Quer ficar sabendo de tudo antes? Assine a
newsletter e receba novidades no seu e-mail.

x
área restrita
Usuário
senha