Novo rumo para o Ensino Médio

Unir o tradicional Ensino Médio de escolas públicas ao aprendizado técnico em tecnologias digitais. Esse é o objeto do Nave (Núcleo Avançado em Educação), projeto da Oi Futuro que já acontece no Colégio Estadual José Leite Lopes, no Rio de Janeiro, e na Escola Técnica Estadual Cícero Dias, em Recife, em parceria com as secretarias de educação dos respectivos estados.  

 

Além das matérias regulares, os estudantes das escolas Nave aprendem outras três disciplinas: programação de jogos digitais, roteiro para mídias digitais e multimídia – oferecidas por instituições especializadas em cada área. As atividades são realizadas em tempo integral e, ao final de três anos, os jovens adquirem conhecimento para trabalhar como designers, programadores, roteiristas, entre outras profissões.

 

Os estudantes têm, ainda, a oportunidade de expor seus trabalhos e discutir empreendedorismo em feiras com foco em criatividade e produtos digitais. Já a comunidade pode se beneficiar do evento Nave de Portas Abertas, em que as escolas oferecem oficinas e apresentam os produtos desenvolvidos pelos alunos.

 

Outra vantagem é que as instituições atendidas pelo projeto se tornam centros de pesquisa e disseminação de conhecimento em tecnologia. Para isso, os educadores da escola se unem à equipe da instituição parceira para analisar as próprias práticas e metodologias, pensando em melhorias que potencializam o aprendizado.

 

Em 2017, a metodologia foi replicada a outras 83 escolas do Rio de Janeiro e Pernambuco e, desde 2006, quando foi criada, já beneficiou 3.812 alunos.

 

Para conhecer mais, acesse o site!

 

leia também

Universidades de portas abertas para o mercado
continuar lendo
5 dicas de como trabalhar a autoestima em sala de aula
continuar lendo
Conheça o portal de educação do IBGE
continuar lendo
newsletter
x
área restrita
Usuário
senha