Prototipação na educação empreendedora

Construir um protótipo é colocar em teste, pela primeira vez, o conceito e as funcionalidades de um projeto. Muito comum na engenharia, na produção de automóveis, aviões, embarcações, por exemplo, outras área de conhecimento têm encontrado nesse processo de prototipação uma importante ferramenta de inovação. Isso se deve, principalmente, à popularidade crescente do Design Thinking nos últimos anos, metodologia que tem como um dos fundamentos a validação e evolução de ideias a partir de protótipos.  

 

A construção da primeira versão de um produto é o primeiro passo para a inovação. O processo permite transformar conceitos abstratos em elementos tangíveis, realizar testes de desempenho, avaliar a aceitação das pessoas e avaliar melhorias. O mesmo acontece com o conhecimento: enquanto permanece na ordem das ideias, os dados e informações estão sujeitos a permanecerem sempre estáticos. Ao ganhar vida em um projeto – ou protótipo – os conceitos teóricos passam a ter mais significado e aplicação na vida real.

 

 

 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Física, a experimentação fundamentada em bases educacionais cria oportunidades para reflexão e ajuda a desenvolver o senso crítico, além de facilitar a compreensão de conceitos e teorias. A prática contribui ainda para que os alunos aprendam a aceitar e incorporar o erro como parte do aprendizado, um elemento fundamental para a educação empreendedora.  

 

Nas instituições de ensino, a prototipação pode ser viabilizada nos laboratórios de ciências, em iniciativas de faça-você-mesmo, fab labs e espaços makers, que criam ambientes favoráveis à livre experimentação. Outra forma de tornar o ensino mais palpável é colocar a teoria em prática em projetos voltados para a comunidade. O importante é ter uma ideia na cabeça e perder o medo de colocar a mão na massa!

leia também

Realidade da educação no Brasil: um desafio para a educação empreendedora
continuar lendo
Empreendedorismo nas escolas: mais inovação e colaboração
continuar lendo
Educadores do século XXI - entrevista com Fernando Mesquita
continuar lendo
newsletter
x
área restrita
Usuário
senha