Sete descobertas do Canvas sobre a educação no Brasil

Com o objetivo de entender o comportamento dos estudantes universitários e investigar as motivações dos jovens do ensino médio em relação ao curso de graduação, a Canvas – empresa de tecnologia educacional – encomendou uma pesquisa com esses jovens brasileiros.

Os resultados foram reunidos em um relatório e apontam sete principais descobertas sobre o que pensam os estudantes sobre a educação no Brasil.

 

1 - A preparação para o trabalho é uma parte vital na educação

  • 45% dos estudantes querem um programa desenvolvido em parceria com empregadores, para que o curso seja relevante para o mercado de trabalho.
  • 29% dos alunos do ensino médio e 35% dos universitários acham que terão de complementar o que aprendem na universidade com cursos adicionais, fora da instituição.

2 - Os alunos querem o ensino híbrido

  • 27% dos alunos querem uma experiência de aprendizagem mista (uma mistura entre online e presencial) que inclui tanto habilidades práticas quanto é baseada em conhecimento.
  • 69% dos estudantes querem colaborar com outros alunos da universidade e 81% mostraram o desejo de colaborar com empregadores.

3 - Os professores precisam de dados para provar a sua competência

  • A qualidade dos docentes é um dos principais fatores que pesam na decisão de 44% dos alunos do ensino médio ouvidos.
  • Já entre os estudantes universitários, esse número sobe para 62%.

4 - O estilo de ensino e a adaptabilidade importam

  • 40% dos estudantes pesquisados querem uma experiência ativa, com acesso a materiais de aprendizagem a qualquer hora, em qualquer lugar e desde qualquer dispositivo.
  • 27% dos estudantes querem uma experiência de aprendizagem mista com teoria e prática.

5 - Os alunos querem colaboração

  • 84% dos estudantes consideram importante ou muito importante a colaboração entre estudantes durante o período do curso.
  • Já o trabalho em colaboração com empregadores é avaliado como importante ou muito importante para 83% dos jovens.

6 - Os alunos querem tecnologias educacionais modernas

  • Tanto para alunos do ensino superior quanto do ensino médio, aspectos como estilo de ensino, qualidade do ensino, instalações do campus e tecnologias como suporte à aprendizagem são mais importante que fatores como tamanho da universidade, ambiente social e número de diplomados inseridos no mercado de trabalho.

 

7 - Tornar-se um país de excelência começa com a qualidade do ensino e da aprendizagem

  • Apesar de estar e 9o lugar entre as maiores economias do mundo em relação ao PIB e 7o lugar em poder de compra, o Brasil não é listado pelos estudantes como um país que ofereça boa educação.
  • Estados Unidos, países da Europa, Austrália e países do extremo oriente foram citados na pesquisa como os que proporcionam melhor experiência educacional.

leia também

Universidades de portas abertas para o mercado
continuar lendo
5 dicas de como trabalhar a autoestima em sala de aula
continuar lendo
Conheça o portal de educação do IBGE
continuar lendo

Quer ficar sabendo de tudo antes? Assine a
newsletter e receba novidades no seu e-mail.

x
área restrita
Usuário
senha