Três escolas que fomentam o empreendedorismo na Europa

A Schumacher College atrai pessoas do mundo inteiro justamente pelo seu método de ensino: encorajar os estudantes a agir a partir dos seus cursos e programas sobre vida sustentável.

O século 21 nos desafia a buscar novas formas de compreensão sobre o potencial de transformar a educação e, consequentemente, a sociedade em que vivemos. Algumas instituições europeias desenvolveram, a partir dessa ideia, conceitos e metodologias para serem utilizados nas salas de aula. Essas escolas têm como pilares: educação integral, autoconhecimento, cultura empreendedora e aprendizagem experiencial.

The KaosPilots (Aarhus, Dinamarca): A Escola Internacional de Empreendedorismo e Inovação Social, fundada em 1991, é uma das 10 melhores escolas de design e startups do mundo. O sucesso atingido não poderia ser diferente, já que foi construída a partir de uma eficiente metodologia. Durante as aulas, os alunos são provocados a desenvolver seus conhecimentos, habilidades e atitudes como aprendizes proativo, líderes com valores e empreendedores sustentáveis.

Team Academy (Mondragón, Espanha): A Team Academy, fundada originalmente em 1993 na Universidade de Ciências Aplicadas de Jyväskylä (JAMK), na Finlândia, combina negócios e educação. Os principais diferenciais são turmas divididas em grupos e o aprendizado contínuo – sem módulos ou disciplinas. As equipes criam projetos reais e são instruídas a encontrar maneiras para custear as despesas profissionais e pessoais, como se estivessem no mercado de trabalho. O projeto funciona como ambiente de aprendizado – para estudos e desenvolvimento de competências individuais e criação de negócios reais.

Schumacher College (Totnes, UK): A Schumacher College atrai pessoas do mundo inteiro justamente pelo seu método de ensino: encorajar os estudantes a agir a partir dos seus cursos e programas sobre vida sustentável. Com o foco no aprendizado interativo, experiencial e participativo, a instituição oferece as habilidades práticas e o pensamento estratégico para empreender dentro das regras ambientais do século 21. Além disso, a escola busca sempre inovar com seus educadores, trazendo ao time ativistas e pensadores contemporâneos.

*Os exemplos foram selecionados a partir de uma parceria entre a Universidade da Experiência e a Aoka Tours, operadora de turismo sustentável do Brasil.

leia também

Pesquisa científica e inovação: conheça a experiência de uma escola no RN
continuar lendo
Empreendedorismo e mentalidade maker por uma nova cultura organizacional - entrevista com Carolina Marini
continuar lendo
O que eu faço para transformar a educação?
continuar lendo

Quer ficar sabendo de tudo antes? Assine a
newsletter e receba novidades no seu e-mail.

x
área restrita
Usuário
senha