Apps para inclusão social na educação: conheça 7 ferramentas

Transformar o espaço escolar em um ambiente inclusivo é um dos grandes desafios da educação contemporânea. Durante muito tempo, a dinâmica escolar se organizava de forma com que o aluno precisasse se adaptar ao sistema de ensino, e não o contrário. Isso impedia que pessoas com deficiência tivessem acesso à educação de. Entretanto, esse não é mais o caso. As escolas precisam estar atentas às limitações dos alunos e aptas para auxiliá-los, transformando a sala de aula em um ambiente inclusivo. É neste contexto que entra a tecnologia como grande aliada na inclusão social. Neste post, vamos apresentar alguns apps para inclusão social e suas aplicabilidades práticas. Confira!

Apps para inclusão social na educação

A tecnologia e a internet são duas grandes ferramentas com grande impacto social e que podem e devem ser utilizadas na educação. Apps para inclusão social são extremamente úteis na rotina escolar, possuindo expressivo potencial transformador e otimizando o processo educacional. Eles podem facilitar a comunicação, o processo de aprendizado e auxiliar o professor a compreender melhor as dificuldades e limitações dos seus alunos. Veja, a seguir,7 apps com essa finalidade:.

1. Hand Talk

O Hand Talk é um dos apps para inclusão social que otimizam o processo de comunicação dos alunos com deficiência. O aplicativo funciona como um tradutor. Através do Hugo, um intérprete virtual deste app, textos de websites e outros conteúdos textuais e sonoros são traduzidos para a linguagem de sinais, o que amplia a acessibilidade de pessoas com deficiência auditiva, uma vez que surdos dificilmente são alfabetizados na língua portuguesa.

O intérprete virtual também funciona para melhorar a comunicação no dia a dia. Basta digitar ou gravar um áudio pelo aplicativo que a mensagem será traduzida para a língua de sinais.

2. PicoTEA

Ainda na lista de apps para inclusão social voltados à comunicação facilitada, o PicoTEA é dirigido a pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) ou que possuem algum Transtorno Global do Desenvolvimento (TGD).

É bastante comum que crianças no espectro tenham problemas para se comunicarem verbalmente. O aplicativo cria um mecanismo que facilita tal comunicação através de imagens. Além disso, a ferramenta oferece um sistema didático, por meio do qual o aluno vai evoluindo seu processo de comunicação, podendo até mesmo construir frases e ter melhor interação com o passar do tempo.

A técnica de comunicação com crianças autistas por intermédio de imagens ou de pictogramas é bastante utilizada na educação, porém  este aplicativo deixa o processo mais cômodo e prático.

3. ABC Autismo

Por terem dificuldades no processo de comunicação, a alfabetização de crianças autistas pode ser um desafio para o professor. O aplicativo ABC Autismo foi desenvolvido com o objetivo de facilitar esse processo, oferecendo atividades com diferentes níveis de dificuldade, a fim de auxiliar crianças no espectro a ler e a escrever.

O app está disponível em três idiomas: português, inglês e espanhol, e pode auxiliar também no processo avaliativo de crianças autistas.

4. Ubook

O Ubook é um dos apps para inclusão social voltado para deficientes visuais. A ferramenta conta com mais de 250.000 conteúdos em áudio, proporcionando inclusão nas aulas.

Embora o aplicativo não tenha sido desenvolvido com a intenção de promover inclusão, e sim praticidade, ele pode ser empregado como uma excelente ferramenta para que o professor possa inserir de forma inclusiva elementos complementares nas aulas, como livros, revistas e podcasts.

5. Domlexia

Através da gamificação, o Domlexia é um excelente aplicativo com o foco em auxiliar crianças a ler e a escrever. De forma lúdica e interativa, o aluno consegue desenvolver sua percepção fonológica de forma  didática, transformando a educação. O grande diferencial da ferramenta é ter sido desenvolvida de forma inclusiva, podendo ser utilizada para complementar o processo de alfabetização de alunos com dislexia, sendo uma importante ferramenta de auxílio ao professor.

6. Minha Rotina Especial

O Minha Rotina Especial é um dos apps para inclusão social que focam no desenvolvimento da autonomia do aluno que possui limitações físicas e intelectuais. Utilizando a técnica de pictogramas, é possível criar uma rotina de fácil compreensão, com as etapas de cada atividade pelas quais o aluno vai passar.

Mediante a ferramenta, os pais podem acompanhar o cotidiano dos filhos, uma vez que professores e terapeutas estão aptos a gerar relatórios e observações, criando assim um sistema de acompanhamento do desenvolvimento da criança.

7. Livox

O Livox é um aplicativo premiado que possibilita pessoas com qualquer deficiência que impeça a sua comunicação verbal a se comunicarem. Através de um sistema de inteligência artificial, ele possibilita até mesmo que alunos com problemas de coordenação motora possam interagir com as outras pessoas apenas piscando os olhos, sendo bastante abrangente. Seu objetivo envolve a comunicação prática, mas também propicia que a pessoa com deficiência tenha condições de expressar sentimentos e desejos. Este tipo de app auxilia o professor a ter uma comunicação ampla e inclusiva com seus alunos.

O que achou dos apps para inclusão social na educação que listamos neste post? Conheça também estratégias de inclusão social por meio do empreendedorismo e continue aprendendo mais do assunto!

leia também

Juventude e Conexões: como os jovens brasileiros entendem o que é empreendedorismo?
continuar lendo
5 jogos educativos para usar em suas aulas
continuar lendo
Como escolher a melhor ferramenta para aulas online
continuar lendo

Quer ficar sabendo de tudo antes? Assine a
newsletter e receba novidades no seu e-mail.

x
área restrita
Usuário
senha
×