6 tecnologias para educadores indicadas por Tony Ventura

Blog 6 tecnologias para educadores indicadas por Tony Ventura

15/03/2020

O especialista em tecnologia Tony Ventura viaja o mundo testando gadgets, apps e novidades tecnológicas que podem deixar a nossa vida mais simples e prática, especialmente no contexto empresarial. “Colocamos uma ideia na cabeça de que a tecnologia é difícil, mas ela é mais simples e viável que parece”, diz Tony, incentivando o uso de gadgets e a exploração de novas tecnologias por professores.

A pedido do Sebrae, Tony fez uma curadoria das melhores tecnologias para educadores e apresentou ao público da edição 2019 do ConheCER, evento de educação realizado anualmente pelo Sebrae. Quer conhecer algumas delas? Confira no slide post a seguir:

1 - Merge Cube
1 - Merge Cube

Realidade aumentada de forma simples. Essa é a ideia por trás do Merge Cube, cubo que permite que o estudante segure em suas mãos um objeto criado virtualmente. Com o cubo é possível, por exemplo, explorar galáxias, analisar fósseis e artefatos arqueológicos ou assistir de perto a fenômenos da natureza, como a erupção de um vulcão.

A tecnologia contribui para um ensino mais gamificado, visando tornar as disciplinas STEM mais tangíveis, e também para o engajamento dos alunos nas aulas. A solução é considerada excelente aliada das atividades em makerspaces e fablabs e pode ser usada ainda em treinamentos profissionais e educação superior, permitindo que os alunos manipulem ferramenta e objetos com segurança.

 

2 - Be My Eyes
2 - Be My Eyes

Uma tecnologia inovadora que une o poder da criação colaborativa à inclusão social, o Be My Eyes é um aplicativo gratuito que dá suporte a pessoas cegas ou com visão limitada. O funcionamento é simples: voluntários se colocam à disposição para a leitura de textos para quem perdeu o sentido da visão. Por meio de uma chamada de vídeo, os usuários podem pedir ajuda em tempo real, apontando a câmera para o texto que precisa de leitura ou contando para o voluntário para qual tarefa desejam ajuda.

Além de contribuir para a inclusão dos alunos com deficiência visual e estimular o trabalho em equipe e voluntariado, o app pode ser usado de forma criativa, como para colocar em prática o ensino de línguas, já que a turma pode se colocar à disposição, buscando auxiliar usuários de países de língua inglesa ou espanhola, por exemplo.

 

3 - Cameo
3 - Cameo

Já imaginou receber uma mensagem de Michelle Obama? Ou do próximo ganhador do Prêmio Nobel de Literatura? Com o Cameo, é possível. O app é uma espécie de marketplace, em que celebridades enviam vídeos personalizados por demanda.

Com o Cameo, você pode, por exemplo, solicitar que alguém admirado pela turma envie uma mensagem de incentivo em relação às provas ou na reta final do ano letivo. Ou ainda entrar em contato com cientistas, escritores, pesquisadores e pedir que eles expliquem alguma teoria ou metodologia aos alunos.

4 - Slid.o
4 - Slid.o

Se você ainda não participou de uma palestra ou conferência em que o palestrante utilizou o Slid.o, você vai fazê-lo em breve. A ferramenta já é superpopular entre conferencistas e professores e facilita a interação durante falas públicas ou reuniões.

Para usar o Slid.o, basta criar um evento no site e divulgar a url no início da aula. Ao acessarem o link, os alunos conseguem enviar perguntas diretamente ao seu celular, responder a enquetes e pesquisas de opinião em tempo real. Com isso, é viável redirecionar o conteúdo da aula de acordo com as dúvidas e preferências dos jovens, além de ser uma ótima forma de inserir os celulares na dinâmica das aulas, não é?

 

5 - Clippomatic
5 - Clippomatic

Ferramenta mão na roda para legendar os próprios vídeos usando inteligência artificial, o Clipomatic é um app disponível em mais de 30 línguas. Com ele, podem-se inserir legendas em vídeo-aulas ou clipes feitos para o YouTube, Instagram Stories, dentre outros, deixando o seu conteúdo ainda mais interativo e acessível.

Uma dica de Tony é usar o app para praticar a pronúncia em línguas estrangeiras. Ao gravar um vídeo em inglês e pedir ao aplicativo que faça a legenda, você consegue avaliar se está pronunciando corretamente as palavras, de acordo com o número de acertos do robô.

6 - Oculus Quest
6 - Oculus Quest

Um sistema integrado de jogos em realidade virtual que permite que os alunos se divirtam enquanto aprendem em qualquer lugar. O Oculus Quest é totalmente sem fio, o que dá mais mobilidade a essa tecnologia, possibilitando que o usuário jogue em pé, sentado ou em espaços pequenos. O equipamento traduz os movimentos em realidade virtual e rastreia os objetos em escala, sem sensores externos, além de contar com headset de áudio, que deixa a experiência ainda mais completa.

Outra funcionalidade são os sensores touch, que dão precisão e intuitividade aos movimentos dos jogadores.

Algumas dessas tecnologias indicadas pelo palestrante de tecnologia Tony Ventura utilizam a Internet das Coisas para promover um aprendizado mais personalizado e atrativo. Entenda mais da influência do IoT na educação e os benefícios da conexão entre dispositivos para o aprendizado.

Assine a Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades