Educação online: competências fundamentais para professores

Blog Educação online: competências fundamentais para professores

Compartilhe este conteúdo

A educação tem se tornado cada vez mais híbrida, combinando aulas presenciais e aulas a distância, o que propicia que professores e instituições de ensino se capacitem para o educação on-line, coloquem em prática e testem novas metodologias e também experimentem o que funciona e o que não funciona no processo de ensino-aprendizagem mediado por telas.

Em 2020, no entanto, diante da pandemia de Covid-19, as atividades escolares presenciais foram suspensas, o que levou muitos professores a se adaptarem a um ambiente totalmente virtual de uma hora para a outra.

O cenário é novo para muitos profissionais, e enfrentar os desafios tecnológicos pode ser uma oportunidade de se reinventar e crescer como profissional. Afinal, o tempo das aulas é diferente, a distração dos alunos pode ser maior, o vídeo exige uma postura diferenciada, dentre tantos outros aspectos.

Mas dominar essas novas competências pode ajudar você nessa nova jornada, tornando-se um professor mais qualificado tanto para as aulas on-line quanto para as presenciais. Neste post, listamos algumas das habilidades que os educadores devem ter na Educação On-line.

Educação On-Line: quais competências são necessárias?

A revolução tecnológica vem provocando mudanças na forma como trabalhamos, consumimos, aprendemos e também sobre como ensinamos.

Habilidades em Oratória, Marketing Digital, Empreendedorismo, Tecnologias e Audiovisual são tópicos úteis para esta nova fase. Se a jornada dos educadores no século XXI já consistia em formar alunos mais críticos, inquietos, com um pensamento empreendedor e inovador, agora, com o aprendizado cada vez mais mediado por telas, os desafios são maiores.

Aprender novas competências em relação à Educação On-Line é importante para ser mais assertivo e levar o conteúdo de maneira mais engajadora e dinâmica. A Educação On-Line traz uma possibilidade de aprendizagem jamais vista em outros tempos.Assim, beneficiar-se dessas novas habilidades é, certamente, algo transformador para a carreira dos professores.

Aos poucos, algumas dessas habilidades serão incorporadas ao ambiente escolar. E o que pode parecer complexo, em um primeiro momento, futuramente será um novo universo cheio de possibilidades. Veja só:

Oratória e Educação On-Line

Se durante as aulas presenciais a Oratória já era importante, na Educação On-Line ela se torna primordial. O motivo disso é que, como os interlocutores se encontram distantes, o conteúdo precisa ser bem objetivo, direto e fácil de ser compreendido pelos alunos.

Afinal, tão importante quanto ter conhecimento sobre o conteúdo a ser ensinado é encontrar a forma ideal para fazer isso.

Comece pelo planejamento das aulas, crie roteiros para aulas on-line, faça uma lista com o conteúdo a ser trabalhado na aula e pense em formas diversas de falar sobre ele, observando as inúmeras possibilidades e ferramentas que a internet oferece.

Além disso, dê atenção à expressão facial, à postura, à impostação da voz e à linguagem corporal. Tudo isso faz uma enorme diferença para as aulas on-line!

Storytelling

Outro ponto muito interessante é o Storytelling. O conceito é um termo em inglês. “Story” significa “história”, e “telling”, contar. Basicamente, significa “a arte de contar histórias” usando técnicas inspiradas em roteiristas e em escritores,  com o intuito de transmitir uma mensagem de forma memorável!

O docente pode adaptar as técnicas de Storytelling para a Educação On-Line. Os alunos vivem uma era em que são bombardeados por informações e estímulos que brigam pela sua atenção dentro e fora de sala. Por isso, contar uma história interessante é uma das maneiras mais eficazes de chamar a atenção deles.

Marketing Digital

O Marketing Digital é outra habilidade para os professores e os diretores de escola desenvolverem. Muito comum no mercado de trabalho, principalmente no de startups, o Marketing Digital pode ajudar você a criar um conteúdo ainda mais focado no seu público-alvo, no caso os estudantes.

Professores e diretores podem começar pela criação de personas. O termo “persona” seria definido como a caracterização de um ou mais indivíduos pertencentes ao seu público-alvo, ou seja, a exemplificação dos seus potenciais clientes/alunos.

Ao criar personas, você conhece a fundo seu potencial estudante  passa a compreender qual conteúdo é mais importante para ele, dependendo da sua jornada. Não adianta começar a produção de conteúdo, estratégias de mídia paga ou segmentação de e-mails se você não sabe quem é e como espera alcançar aquela pessoa.

Explorar o Marketing Digital na educação pode unir esforços visando atrair mais estudante, comunicar-se melhor com eles, criar um relacionamento mais próximo e, principalmente, construir grande identificação perante o mercado educacional.

Redes Sociais

As Redes Sociais não são hoje apenas uma ferramenta de entretenimento, já que também podem ser usadas na Educação On-Line. O ideal é pensar como elas poderão servir de apoio durante as aulas.

É possível que tais redes   possam até trazer benefícios como o trabalho em equipe, a aprendizagem colaborativa e a aproximação entre os colegas. A escola tem a opção de utilizar as Redes Sociais buscando aprimorar a comunicação com seus alunos e compreender suas necessidades.

Essas plataformas facilitam:
  •  a coordenação e o trabalho de vários grupos de aprendizagem;
  •  a comunicação e a transmissão de informações entre os professores e os pais e mães;
  • melhoria na comunicação entre professores e estudante. Participação maior de todos os discentes.

O Telegram, por exemplo, é uma Rede Social superinteressante. Permite o envio de arquivos, a criação de grupos, enquetes, a fixação de recados e o envio de áudios.

Audiovisual e Educação On-Line

Ao introduzir os Recursos Audiovisuais nas aulas on-line, o professor deve atentar à maneira como esses recursos serão interpretados e analisados criticamente pelos estudantes. Os elementos Audiovisuais podem ser usados como mais uma ferramenta pedagógica enriquecedora do texto e do contexto que estão sendo trabalhados.

E não só isso: o professor deixou de ser apenas a figura que transmite o conteúdo e se tornou um criador de conteúdo Audiovisual, com a Educação On-Line. Há profissionais que criam roteiros, gravam, editam e disponibilizam suas aulas no YouTube ou em outras plataformas.

O professor pode explorar áreas da Comunicação, desde a criação de um roteiro até experiências em rádio, cinema e televisão. A realização do material Audiovisual é um trabalho em si e leva tempo, mas não se preocupe. Algumas dicas simples podem otimizar muito esse processo, como:

  • Escolha um lugar iluminado para gravar.
  • Limpe a lente do seu celular ou de sua câmera.
  • Grave sempre na horizontal.
  • Procure um lugar isolado para a gravação, dentre outras.

Confira este post para entender mais de como gravar videoaulas.

Outra ferramenta do Audiovisual  que pode incrementar as aulas é o Podcast, que nada mais é que um conteúdo de mídia em áudio, semelhante a um programa de rádio, que geralmente aborda variedades ou temas específicos. Além disso, a turma tem a possibilidade de ouvir o que quiser e quando quiser. A distribuição gratuita e livre também facilita o compartilhamento de conhecimentos e a troca de ideias.

Veja alguns Podcasts educativos para a sala de aula.

Empreendedorismo

Empreender é outra habilidade  na qual os docentes podem se aprofundar. Uma dica é os professores desenvolverem Planos de Aula em parceria com empresas do mercado, pensando em formas práticas e lúdicas de abordar o mesmo conteúdo sob diferentes óticas.

O ambiente escolar é um espaço no qual as habilidades precisam ser desenvolvidas e vivenciadas, preparando os estudantes para este novo tempo, em que a criatividade, a inovação e a autogestão são cada vez mais valorizadas no mercado de trabalho.

Por isso, munir-se da Educação Empreendedora contribui com o desenvolvimento de um atitude e mentalidade que estimulem o raciocínio lógico e a busca por aprender conceitos que darão suporte à resolução de problemas.

Para desenvolver o tema nas aulas, comece pelo diálogo e debate com os alunos, traga referências e profissionais do mercado e estimule os estudantes a pensar em resoluções de problemas.

Tecnologia

A Tecnologia já impacta profundamente diversas áreas da sociedade, e agora, mais do que nunca, chega à Educação. Afinal, é por meio de softwares inteligentes e da internet que lecionar on-line é possível.

Na Educação On-Line, a Tecnologia revoluciona o ensino, melhora a aprendizagem dos alunos e a experiência em sala de aula dos professores. E um primeiro passo para incorporar com sucesso a Tecnologia é entender qual é o público da sua modalidade de ensino, que pode muito bem ser compreendido com técnicas de Marketing, como vimos anteriormente.

Há ainda mais ferramentas a ser exploradas pelos professores, como Jogos Interativos, Webinars e Transmissões On-Line e Aplicativos.

Alguns apps que podem contribuir e ser um extra para as aulas on-line:
  • Socratic: Foi avaliado pelo Google como o melhor de sua plataforma, sendo extremamente útil. O aplicativo utiliza Inteligência Artificial para auxiliar no aprendizado de diversos assuntos como Ciências, Biologia, Química, História, Inglês, dentre outros. Além disso, ajuda na realização de lições de casa.
  • Semper: Criado com o objetivo de treinar o raciocínio lógico e a velocidade de pensamento, disponibiliza questões de Matemática, Idiomas e Conhecimentos Gerais.
  • Google Classroom: É um sistema de gerenciamento de conteúdo para escolas que procuram simplificar a criação, a distribuição e a avaliação de trabalhos.
  • ClassDojo: Por esta ferramenta, o professor pode criar uma comunidade com todos os seus alunos, registrando os melhores momentos da vida dentro da sala de aula para o compartilhamento com os pais.
  • Canva: Crie suas apresentações e aulas com esta ferramenta. Há diversos templates, imagens, texto e dimensões, com ferramentas bem acessíveis e didáticas. Além disso, pode ser usado pelos alunos na criação e na apresentação de trabalhos com mais qualidade de design.

Essas são algumas das habilidades que os professores devem adquirir na Educação On-Line. O importante é que existe a possibilidade de ampliar estratégias de metodologias ativas, em que o educando participa e se torna protagonista do processo de aprendizagem.

O professor pode e deve utilizar mídias diferentes e fornecer meios a fim de que os estudantes possam contribuir com novos materiais. Por isso, ao conhecer novas habilidades e recursos digitais voltados à interação com a turma, é mais fácil prender a atenção dos estudantes e, consequentemente, atingir o objetivo de educar com qualidade.

Buscando entender os desafios que a educação contemporânea – não só a Educação On-Line – traz para a formação de professores e como você pode investir em sua carreira, confira este post.

 

Compartilhe este conteúdo

Assine a Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades