Mobile learning: conhecimento na palma da mão

Blog Mobile learning: conhecimento na palma da mão

26/08/2021
Mobile Learning, ou simplesmente “M-Learning”, é o nome dado a todo aprendizado por meio de dispositivos móveis como celular, laptop, tablet e outras plataformas conectadas à internet. Considerado uma das modalidades de Ensino a Distância (EAD), ele tem se popularizado como uma das ferramentas para tornar o ensino mais atraente, acessível e plural.
Só no Brasil 98,4% da população mora em locais com cobertura 3G ou 4G e são mais de 200 milhões de celulares conectados à internet, segundo dados da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil).
É pela conexão do celular e de outros dispositivos móveis que as pessoas assistem a vídeos, acessam aplicativos, jogam em rede, mantêm relacionamentos e, agora, também estudam. Por isso, a sua utilização na Educação pode ser uma forma de impulsionar o engajamento e o aprendizado.

O que é Mobile Learning?

Quando se fala em ensino on-line, os aplicativos são as primeiras ferramentas que vêm à mente, certo? Mas o universo do Mobile Learning vai muito além deles.
Pode-se dizer que ele é uma modo de criação de outros ambientes para estudantes e professores. Dessa maneira, o aprendizado pode se dar com a leitura de e-books, a discussão em fóruns colaborativos e até a participação em redes sociais. São inúmeras as possibilidades.
Os ambientes são criados para que o ensino tenha capacidade de manter a sua eficiência, mesmo a distância. Assim, os estudantes poderão contar com mais ferramentas que ajudam a otimizar quer o ensino quer o aprendizado.
É importante ressaltar que o Mobile Learning não tem a intenção de substituir os processos tradicionais de ensino, mas sim aprimorar ainda mais as metodologias. Isso porque cabe a ele o poder de expandir o aprendizado, quebrando barreiras que impediam que muitos estudantes tivessem acesso ao estudo.

Como elaborar uma boa estratégia Mobile Learning?

A utilização dessa metodologia de aprendizado requer um planejamento e também a criação de estratégias para que as ações obtenham êxito. Afinal, será preciso modificar alguns hábitos e comportamentos tanto dos estudantes quanto dos professores.
O ideal então é que o planejamento siga uma base consolidada de etapas, podendo ter como parâmetro os exemplos a seguir:

Faça um cronograma de estudos

Como a presença física não será constante, é preciso que os professores ajudem os estudantes a criar um cronograma de estudos e que haja controle sobre isso. Tal iniciativa fará com que a turma consiga desenvolver a sua autonomia e também a organização com horários.
Pode ser uma boa opção dividir os horários de estudo em atividades que tenham relação, fazendo com que o aprendizado seja contínuo. Não se deve, porém, esquecer que cada realidade é apresentada de uma maneira, por isso ela também deve ser considerada requisito na hora de montar o cronograma.

Estude e defina quais metodologias se enquadram no Mobile Learning

Em primeiro lugar, é importante entender que nem todo material utilizado no ensino pode ser adaptado para o mobile. Entretanto, essa realidade está mudando, e cada vez mais novos aplicativos e softwares são criados para ajudar nesse processo de adaptação.
Nesse caso, é importante que os educadores encontrem alternativas para serem utilizadas. Pois, como apresentado, o Mobile Learning não diz respeito apenas ao uso do celular, mas também ao emprego de outras tecnologias que podem aprimorar o aprendizado.

Conte com a Gamificação

A Gamificação é uma Metodologia Ativa que consegue trazer muitos resultados. A maioria dos estudantes já está acostumada com os jogos digitais; então, trazer esses jogos para a Educação será uma ótima forma de engajamento.
Os games farão com que a ausência da presença física não seja um problema, visto que os estudantes terão interação, comunicação e um aprendizado mais leve. Mas é bom que os jogos escolhidos sejam educativos e não tirem o foco principal que é exatamente o aprendizado.

Metodologias que também podem ser aplicadas

Além do bom Planejamento Estratégico e da Gamificação, existem outras metodologias comuns que podem ser aplicadas e que geram resultados positivos.
Veja alguns exemplos:

Videoaulas

A utilização de videoaulas pode servir para dar liberdade a fim de que o estudante consiga rever as aulas e absorver melhor o conteúdo. Geralmente, elas são gravadas em estúdios, em que o som fica limpo, e a imagem, nítida.

Livros digitais

Os livros digitais também são ótimas formas de passar o conteúdo. Diferentemente dos livros físicos, os e-books podem trazer uma interação maior durante a leitura, tendo a possibilidade de utilizar animações para prender a atenção.

Redes sociais

As redes sociais estão disponíveis para dispositivos móveis e têm o foco no compartilhamento de conhecimento e aprendizado. É possível aos estudantes interagir por meio das redes, trocando informações importantes sobre as matérias aprendidas.

Quais são os principais benefícios?

Dentre as vantagens desse tipo de aprendizado, está a mobilidade. O conteúdo acompanha os estudantes e os professores a qualquer lugar. Afora isso, existe a facilidade para a produção, a disseminação e a atualização de conteúdo. Afinal, tudo pode ser feito pelo próprio celular com a ajuda de alguns apps e as ferramentas de interação.
Com o ensino virtual móvel, os alunos também são estimulados a ter mais autonomia sobre o ritmo de estudo, desenvolvendo habilidades autodidatas. Para os professores, o Learning permite o maior controle das atividades e desempenho.
Também é viável contar com maior diversidade no conteúdo disponibilizado e a possibilidade de criar diferentes roteiros de estudos adaptados às necessidades de cada estudante.

Os desafios da implementação e o trabalho do CER

Como é um método novo, o Mobile Learning ainda apresenta alguns desafios durante a sua implementação. O principal, de fato, é o preparo dos professores para a aplicação das Metodologias Digitais.
Muitos ainda estão enraizados nos métodos tradicionais e acabam criando barreiras para a utilização do M-Learning. Entretanto, existe ainda o desafio de manter o foco do estudante diante da tecnologia, uma vez ser evidente que os caminhos digitais facilitam, mas, por outro lado, podem ser fontes de dispersão.
O CER disponibiliza muitos conteúdos que servem de auxílio para a atualização dos professores e também para os estudantes entenderem como os novos métodos são importantes.
Aproveite para ler um artigo sobre Aulas pelo WhatsApp. A leitura será indispensável para você identificar o poder dos aplicativos, bem como a eficiência do Mobile Learning.

Assine a Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades