Mudanças no mercado de trabalho geram mudanças na educação

Blog Mudanças no mercado de trabalho geram mudanças na educação

Compartilhe este conteúdo

Futuro do trabalho: mudanças no mundo do trabalho e na educação

O mundo está em constante evolução, e, por essa razão, o mundo do trabalho é impactado diretamente. Transformações que influenciam tanto o espaço da Educação quanto o futuro profissional de milhões de pessoas. As inovações tecnológicas e todas as mudanças que estão ocorrendo trouxeram a oportunidade de levar de forma mais efetiva a Educação Empreendedora para a sala de aula.
Estimular as competências empreendedoras desde cedo entre os estudantes é muito importante para que eles aprimorem suas habilidades, tenham mais conhecimento e se preparem para o futuro, quando entrarem no mundo do trabalho.
Neste artigo vamos mostrar como essas mudanças impactam o cenário educacional e o futuro do trabalho dos estudantes.

Mudanças no futuro do trabalho

A pandemia trouxe mudanças para o mundo e muitos desafios. No mundo do trabalho ocorreram algumas modificações que causaram, e continuam causando, efeitos diversos na vida dos trabalhadores e principalmente na do empreendedor. Novas formas de trabalhar, implantação de ferramentas e expressiva substituição do espaço físico pelo virtual trouxeram uma nova aparência no mercado trabalhista.

Educação Empreendedora para o futuro profissional

Segundo o CER Sebrae, considerando que os jovens precisam encarar os desafios da atualidade, a educação em questão trabalha esse ponto. Ela, por sua vez, estimula o desenvolvimento das competências em crianças e jovens para que possam adquirir capacidade de assumir o protagonismo da própria história.
Assim, esse tipo de educação visa:
“estimular o desenvolvimento de competências para que crianças e jovens cresçam empoderadas, autoconfiantes e certas de que são capazes de realizar seus sonhos e projetos de vida.”
Em vista disso, formar adultos e trabalhadores qualificados que estejam preparados para o mercado de trabalho é um desafio para a educação em pauta. Entretanto, as novas novidades e tecnologias trouxeram mais facilidade ao processo de ensino-aprendizagem.
Todavia, a A Educação Empreendedora tem por finalidade preparar essas crianças, que futuramente, representarão a economia mundial. Propiciar a qualificação delas desde cedo é extremamente importante, pois a educação nas escolas é elementar na vida de todas.
Logo, o empreendedorismo no ensino não consiste apenas em ações voltadas ao benefício de empresas e da economia.Também tem como função buscar o que há de melhor nesses jovens, e mais: aprimorar, sobretudo suas habilidades, e aplicar conhecimentos que mudarão a vida deles para sempre.

Mudanças no mundo do trabalho geram mudanças na Educação

Como citado no tópico anterior, com o passar do tempo, o mercado de trabalho sofreu mudanças muito importantes, que influenciam diretamente a área de Educação. O futuro do trabalho depende diretamente de como essa educação é aplicada nas instituições, já que ela atua na formação de futuros líderes. Por isso, a implantação do Empreendedorismo é uma questão que precisa ser trabalhada com os educadores.
De acordo com o programa de pesquisa Global Entrepreneurship Monitor, o Brasil atingiu em 2020 a maior marca de empreendedores iniciais dos últimos 20 anos. Aproximadamente 25% da população adulta está envolvida na abertura de um negócio.
No cenário atual, grande parte dos brasileiros já sonha em ser empreendedora e pensa em ter o próprio negócio. A Educação Empreendedora nas escolas abriria portas para esses novos adultos e os ajudaria a superar mais facilmente os possíveis obstáculos que surjam no caminho.

Como implantar a Educação Empreendedora nas escolas?

Toda criança possui suas particularidades e os próprios talentos. É importante que o educador saiba lidar com elas individualmente, a fim de explorar o melhor de cada uma. Além disso, a faixa etária interfere no aprendizado de forma distinta, ou seja, um jovem de 16 anos aprende de maneira diferente de uma criança de 8 anos, por exemplo. Portanto, os profissionais da Educação precisam estar muito bem preparados.
Existem diversos meios de estimular a Educação Empreendedora e as ferramentas a serem empregadas para exercitar as habilidades dos estudantes. Ferramentas que estimulem a criatividade, a liderança, a tomada de decisões, a resolução de inúmeros problemas e principalmente a Mentalidade Empreendedora.
Os profissionais da Educação podem lançar mão destas opções: Design Thinking aplicado à Educação, desenvolvimento de mapas mentais, júri simulado e formulação de solução-problema.
Todos esses exercícios, que conseguem estimular a mente das crianças, também vão além das aulas teóricas e do ensino tradicional, sendo extremamente ativos e dinâmicos.

Mudança no futuro do trabalho do educador

Os estudantes não são os únicos que aprimoram suas competências com a aplicação da Educação Empreendedora nas Escolas.
É exigida também dos educadores a competência para conseguir aplicar o ensinamento da Metodologia Empreendedora. Investir em formação de professores, com atualização da metodologia, é uma estratégia para a adaptação dos docentes em meio às mudanças.
Não é fácil se adaptar a novidades na forma de ensinar, mas é uma maneira de planejar o futuro desejável para a Educação. Incluir uma nova matéria e um novo método exige muito preparo e dedicação desses professores.
Contudo, é preciso tomar algumas ações para a formação desses profissionais. Uma das mais importantes questões é saber lidar com as novas ferramentas digitais apresentadas.
Uma sugestão para isso seria realizar um estudo sobre essas linguagens digitais e como trazê-las para as atividades em sala de aula. As instituições de ensino também podem aplicar palestras, workshops e cursos aos professores sobre a integração da Educação Empreendedora no plano escolar.
Aplicar métodos de recompensa e reconhecimento pode ser uma saída para contornar situações em que os educadores se mostraram contrariados.
Estimular o Empreendedorismo do corpo docente é o primeiro passo a fim de que a escola consiga aplicar a abordagem aos estudantes. Profissionais quando recebem incentivo acabam crescendo e se dedicando ainda mais ao ensino.

Quer saber mais?

O Empreendedorismo traz diversas vantagens, ampliando o cenário da Educação e estimulando o espírito empreendedor; além disso, impacta o desenvolvimento dos países. Beneficia não somente a economia e o mercado de trabalho, mas também desenvolve as competências de cada um e aprimora habilidades.
Mesmo que diariamente ocorram mudanças nos meios trabalhistas, a mente empreendedora é capaz de estar sempre se adaptando ao cenário inconstante. Portanto, cabe às escolas aplicar e educar os futuros empreendedores que moldarão o futuro do trabalho.
Entenda o que é Empreendedorismo Social e como as ações fazem a diferença no mundo.
Compartilhe este conteúdo

Assine a Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades