Conheça 10 iniciativas brasileiras que estimulam o protagonismo dos estudantes

Um dos pilares da educação empreendedora é a autonomia: um ensino focado no protagonismo do estudante, que desenvolve seu senso crítico, a responsabilidade e a proatividade. Dez iniciativas brasileiras mostram como a co-participação do alunos na escolha do conteúdo, do formato e até na gestão da escola pode fazer a diferença para uma educação integral.

1-  Cemei Paulo Rosas - Recife (PE)

O desenvolvimento integral de crianças de 0 a 4 anos é o principal objetivo do Centro Municipal de Educação Infantil Paulo Rosas, em Recife. Para isso, são realizados quatro ‘ateliês’, que trabalham aspectos psicológicos, emocionais, físicos, sociais e culturais por meio do movimento, do faz-de-conta, da linguagem e das artes. As crianças têm liberdade para escolher as atividades que desejam realizar dentro da diversidade oferecida por cada ambiente.

 

2- Escola Estadual Doutor Antônio Ablas Filho - Santos (SP)

A criação de Clubes Juvenis foi a solução encontrada pela E.E. Doutor Antônio Ablas Filho para desenvolver o protagonismo e a criatividade dos jovens. Nos Clubes, os estudantes devem trabalhar, por conta própria, um projeto do início ao fim – começando pela escolha do tema e passando pela elaboração do objetivo, escolha da metodologia e até da lista de materiais. O líder e o vice-líder eleitos conduzem as atividades e alunos de quaisquer séries e períodos podem participar, basta fazerem inscrição e apresentarem suas motivações para o projeto. Slackline, cinema, cultura oriental, música e informática são alguns dos temas já escolhidos pelos jovens.

 

3- Escola Estadual Professor Antônio Alves Cruz - São Paulo (SP)

Para combater a falta de interesse dos alunos, a E.E. Professor Antônio Alves Cruz adotou o modelo de escola integral do Instituto de Co-Responsabilidade pela Educação (ICE). Um dos pilares do método é trabalhar o sonho de cada jovem: na primeira semana de aula, eles idealizam seu projeto de vida; ao longo de todo o ensino médio os alunos fazem atividades relacionadas a seus sonhos e recebem tutoria. O objetivo é dar mais significado aos estudos e finalizar o período escolar com uma ideia mais estruturada de qual caminho seguir.

 

4- Escola Emaus - Camaçari (BA)

Uma instituição de ensino infantil onde os próprios alunos decidem o que querem estudar. Isso é possível e tem dado certo no interior da Bahia. Na Escola Emaus, a ideia de que a educação é feita com as crianças e não para elas é levada a sério. No início do ano, os pequenos escolhem o tema que desejam trabalhar ao longo do período letivo e que guiará todas as atividades. No final do ano, apresentam suas conclusões e descobertas aos pais, professores e colegas em um seminário, organizado por eles mesmos.

 

5- Escola Municipal de Ensino Fundamental Campos Salles - São Paulo (SP)

Inspirada pela experiência da Escola da Ponte, em Portugal, a direção da EMEF Campos Salles decidiu instituir uma mudança radical na escola: derrubou as paredes das salas de aula, passou a organizar os alunos em grupos de seis e mudou o papel do professor – que agora compartilha a gestão das aulas com outros dois colegas. Os estudantes escolhem seus percursos individuais de aprendizagem, baseados em um roteiro pré-estabelecido, e também debatem os temas em grupo.

 

6- Escola Municipal de Ensino Infantil Gabriel Prestes - São Paulo (SP)

O diálogo é a principal ferramenta pedagógica da Emei Gabriel Prestes. As conversas pautam as relações entre professores, com os estudantes, entre os estudantes e com as famílias, construindo um ambiente de escuta e respeito. Um desses momentos, chamado Cafés com Poesia, convida a família a ter uma participação ativa na vida escolar e a usufruir do local como espaço de cultura.

 

7- Escola Técnica Estadual Tiquatira - São Paulo (SP)

Limpeza da área do almoço, sinalização do espaço da escola, programação da Semana Tecnológica. Na ETEC Tiquatira, esses assuntos são decididos em conjunto por alunos e equipe diretora da escola por meio do Grêmio Escolar. O grupo é formado por líderes de sala, eleitos pelos alunos, que se reúnem semanalmente com a coordenação para discutir temas de interesse comum e buscar soluções em conjunto para questões da escola.

 

8- Rede Potiguar de Televisão Educativa e Cultural - Currais Novos (RN)

A Rede Potiguar de Televisão Educativa e Cultural oferece educação em comunicação, contribuindo para que crianças e adolescentes do interior do Rio Grande do Norte tenham acesso a bens culturais e às tecnologias digitais. O projeto, realizado pela emissora RPTV e pelo Centro de Documentação e Comunicação Popular, tem atividades em espaços rurais e urbanos que incluem oficina de fotografia, debates, rodas de leitura, produções de textos. Jovens de 10 a 18 anos recebem, ainda, capacitação para todas as fases da produção audiovisual.

 

9- Escola Democrática Rômulo Galvão - Elísio Medrado (BA)

A democracia não está só no nome da Escola Rômulo Galvão. Desde 2010, alunos, pais e professores participam ativamente da eleição semestral dos representantes do conselho escolar. Um dos resultados da mudança é o aumento do engajamento e o maior interesse pelos assuntos da comunidade escolar, uma vez que as políticas são discutidas coletivamente e não impostas.

 

10- Colégio Viver - Cotia (SP)

A escolha das crianças é o que conduz o processo pedagógico do ensino infantil no Colégio Viver, onde eles são estimulados a selecionar e mediar a informação, o tempo e as relações. Já as disciplinas para alunos do ensino fundamental, são ensinadas a partir dos temas de interesse comum, indicado por eles próprios. Outro diferencial é a aula de Humanidades, um espaço de discussão e construção coletiva em que os assuntos são aprendidos de maneira interdisciplinar pelos estudantes do 6º ao 9º ano.

 

leia também

Tendências de educação para ficar de olho em 2020
continuar lendo
Gamificação: como um professor ensina contabilidade por meio de jogos
continuar lendo
Marketplace de educação? Entenda como funciona o Amazon Ignite
continuar lendo

Quer ficar sabendo de tudo antes? Assine a
newsletter e receba novidades no seu e-mail.

x
área restrita
Usuário
senha
×