Educação Criativa: 6 maneiras de deixar as aulas mais divertidas

Nos últimos anos, o sistema educacional tem passado por diversas transformações. Está cada vez mais evidente que a formação de crianças e adolescentes precisa se adequar às modificações sociais provocadas pela tecnologia. As mudanças no mercado de trabalho, o surgimento de outras plataformas de comunicação, a globalização e os impactos culturais são fenômenos que apontam para a necessidade de uma Educação Criativa e que se ajuste a essa nova realidade a qual estamos vivendo.

É preciso se adaptar, atualizar metodologias e adequar-se à realidade dos alunos, rodeada por jogos, redes sociais e outros mecanismos que estruturam o sistema contemporâneo de socialização. A seguir, vamos entender melhor o que é a Educação Criativa e conhecer formas de deixar suas aulas mais atrativas e divertidas.

O que é Educação Criativa?

A Educação Criativa envolve um conjunto de práticas e técnicas educacionais que buscam estimular o aprendizado empírico das disciplinas estudadas em sala de aula, tornando o conhecimento adquirido pelo aluno em algo que pode ser aplicado na prática. Essa nova abordagem busca complementar o currículo escolar e inserir na rotina dos alunos conteúdos atuais e necessários para a sua formação e desenvolvimento.

A ideia por trás da Educação Criativa é se adaptar às mudanças que vêm ocorrendo na sociedade e transformar o impacto que a escola pode causar na vida dos estudantes. Isso porque as metodologias voltadas para a memorização não estão adequadas à sociedade atual. Computadores, algoritmos e produtos digitais têm facilitado o acesso à informação e possibilitado a automatização de diversas atividades, erradicando profissões e criando outros mercados. É preciso pensar “fora da caixa” e incentivar os alunos a desenvolver senso crítico, inovação, criatividade e empreendedorismo, para que eles possam contribuir com a sociedade no futuro.

Como deixar suas aulas mais criativas

Como o foco da Educação Criativa é tornar o conteúdo da sala de aula mais envolvente e prático, vale aderir a técnicas inovadoras durante o percurso escolar. Separamos algumas dicas que podem deixar suas aulas mais criativas.

1. Adote a gamificação

A gamificação é uma estratégia excelente para deixar as aulas mais divertidas e se aproximar da Educação Criativa. A ideia por trás dessa metodologia é usar a estrutura de jogos para engajar alunos de forma dinâmica em temas mais tradicionais. A intenção é criar ferramentas que incentivem a solução de problemas de forma divertida, promova uma competição saudável entre os alunos e fortaleça o processo de aprendizagem de forma inovadora.

2. Trabalhe a interdisciplinaridade

A interdisciplinaridade é fundamental para o desenvolvimento da Educação Criativa. Isso porque a solução de problemas geralmente envolve mais de uma área de conhecimento. Além disso, a base para que o processo criativo ocorra é a ressignificação de ideias em novos contextos. Por isso, procure criar parcerias com outros professores e relacionar disciplinas entre si. É possível unir História com Literatura, buscando explorar a forma como os livros se aproximam da realidade e vice-versa. Ou Educação Física com Matemática, utilizando esportes para ensinar Trigonometria e Cálculo, por exemplo.

3. Incentive o senso empreendedor

O senso empreendedor possui papel importantíssimo na Educação Criativa. Por meio dele, os alunos conseguem colocar em prática diversos conteúdos estudados em sala de aula. Outro diferencial é que o Empreendedorismo é excelente para que os alunos aprendam a inovar, entendam como lidar com falhas e desafios e descubram a importância da adaptação e da flexibilidade diante das adversidades.

É possível incentivar o Empreendedorismo na sala de aula criando pequenos projetos ou Feiras de Inovação, incentivando os alunos a realizar trabalhos voluntários e até mesmo via aproximação com a comunidade, prestando auxílio a pequenos negócios locais.

4. Fortaleça o engajamento com a comunidade

O engajamento com a comunidade é essencial para a Educação Criativa e tem o potencial de deixar as aulas mais divertidas. Isso porque ela permite a adaptação prática de disciplinas como História e Literatura, aproximando a cultura local dos conceitos estudados em sala de aula e transformando a comunidade em um elemento pedagógico. Vale destacar que levar a educação dos alunos para além dos muros da escola proporciona um diálogo com a sociedade, o que é fundamental para que os estudantes possam entender problemas da vida real e até encontrar maneiras de solucioná-los.

Visando promover a interação com a comunidade, procure convidar personalidades ou empreendedores locais para palestras; forme parcerias com estabelecimentos da região, como museus ou parques, e associe os trabalhos escolares com elementos da comunidade, como estátuas ou nome de ruas.

5. Aproxime-se das tecnologias

A tecnologia faz parte da rotina das crianças e dos adolescentes através das redes sociais, dos videogames, dos mecanismos de buscas, dentre outras ferramentas digitais. Metodologias como a Sala de Aula Invertida buscam aproximar as tecnologias do processo educacional, tornando as aulas mais atrativas.

Você pode aplicar acontecimentos que viralizaram nas redes sociais como estudos de caso em suas aulas ou até mesmo usar essas plataformas como espaço para a apresentação de trabalhos. Da mesma maneira que jogos fazem parte das estratégias educacionais através da gamificação, é viável lançar mão de videogames em sala de aula. Os alunos podem utilizar o Minecraft para criar representações de cidades sustentáveis para as aulas de Ciências, por exemplo.

6. Crie associações com a realidade dos alunos fora da escola

A melhor forma de colocar a Educação Criativa em prática é aproximando os elementos ensinados na sala de aula a atividades que fazem parte do cotidiano dos alunos. As aulas de Matemática, por exemplo, podem ser transformadas quando associadas à Educação Financeira. As aulas de Literatura podem abrir espaço para discussões sociais importantes como machismo, racismo e exclusão de minorias. O ideal é pensar meios que possibilitem aos alunos se identificarem com o tema, fazendo com que as aulas saem dos livros e se tornem parte da vida.

E, então, o que achou das nossas dicas para uma Educação Criativa e Inovadora? Baixe também o livro Educação Criativa: Metodologias e Práticas para o Futuro das Gerações e continue encontrando novas formas de se adaptar à Educação Transformadora.

leia também

Juventude e Conexões: como os jovens brasileiros entendem o que é empreendedorismo?
continuar lendo
5 jogos educativos para usar em suas aulas
continuar lendo
Como escolher a melhor ferramenta para aulas online
continuar lendo

Quer ficar sabendo de tudo antes? Assine a
newsletter e receba novidades no seu e-mail.

x
área restrita
Usuário
senha
×