Como jovens do interior de SP se mobilizaram para mudar as políticas públicas de educação 

Jovens da cidade de São Miguel Arcanjo, no interior de São Paulo, uniram forças para combater problemas sérios na localidade onde vivem, transformando as políticas públicas locais. Desde 2012, o projeto Cidade-Escola tem coordenado ações com o objetivo de debater temas como trabalho infantojuvenil semiescravo, prostituição infantil e de jovens e banalização da miséria e da pobreza. Além disso, a educação tradicional, na qual os alunos são tratados de forma autoritária pela escola, também é pauta da mobilização.

A ideia é criar alternativas à proposta tradicional de educação, como apenas transmissão de conhecimento, para desenvolver um projeto que incentive o diálogo e o engajamento social, transformando anseios sociais em políticas públicas de educação concretas. O movimento está ligado à Rede de Solidariedade de Atores Sociais e Culturais da Juventude e incentiva discussões, estudos e reflexões sobre as necessidades da população, bem como leva essas questões ao poder público. Entenda, a seguir, como funciona a iniciativa.

Imagem retirada da página da campanha de crowdfunding oficial do projeto. Acesse aqui.

 

Como o Cidade-Escola transforma as políticas públicas de educação na prática?

Integrando o universo escolar com a vida na cidade, a proposta é mobilizar debates públicos e atividades culturais a fim de estimular a conscientização e a participação cidadã, visando transformar a vida de crianças, jovens e idosos de São Miguel Arcanjo, a 144 km da capital paulista.

Então, os processos educacionais são incentivados a ocorrer não só no ambiente escolar, mas também na cidade, em busca de uma educação mais democrática e autônoma. Rodas de encontros; assembleias e oficinas de artes, pedagógicas, de reflexão, de expressão, além de ações culturais, políticas, sociais, esportivas e econômicas procuram povoar o espaço público, atentos às demandas sociais, que são direcionadas ao poder público local, como aos Conselhos Municipais. Dessa forma, novas políticas públicas de educação são pensadas com base nas discussões mobilizadas pelos jovens.

Dentre elas, a dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes, da Assistência Social e da Educação. Atividades como oficinas de danças urbanas, grafite, música e xadrez, são realizadas em pontos de encontro, em espaços públicos e também em escolas. A Rede ainda promove atendimento a jovens em medida socioeducativa por assistentes sociais, psicólogos, cientistas sociais, pedagogos e professores.

Imagem retirada da página da campanha de crowdfunding oficial do projeto. Acesse aqui.

Principais resultados do Cidade-Escola

Com os jovens na liderança da Rede, o protagonismo e a autonomia são reforçados. Eles passam a se tornar mais responsáveis e agentes de transformação da realidade onde vivem. A ideia é que, com isso, as políticas públicas de educação não estejam descoladas da realidade e da necessidade das pessoas. As atividades culturais promovem a integração entre os cidadãos de São Miguel Arcanjo, e a população pode ver mudanças concretas a partir da pressão feita pela Rede no governo municipal.

Os jovens são mobilizados a se interessar pelas demandas da população; por outro lado, a população começa a identificar lideranças sociais, ainda que em formação constante.

Dentre as políticas públicas de educação mais concretas, está a parceria com o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, possibilitado via Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Um trabalho com jovens em medida socioeducativa ou nas demais medidas socioassistenciais para fortalecer o protagonismo juvenil. Mais de 200 jovens já foram apoiados pela ação.

Conheça outro case em que a educação tem transformado a realidade de uma comunidade. Desta vez, na África Subsaariana. Esperamos que as histórias  inspirem você!

leia também

7 formas de criar mais engajamento na educação infantil
continuar lendo
Educação 5.0 x 4.0 – entenda as diferenças entre os conceitos
continuar lendo
Conheça 4 iniciativas de Educação Empreendedora premiadas no Brasil
continuar lendo

Quer ficar sabendo de tudo antes? Assine a
newsletter e receba novidades no seu e-mail.

x
área restrita
Usuário
senha
×