Saiba como transformar o TCC em ferramenta de empreendedorismo

Chegar ao fim da faculdade significa pensar e colocar em prática o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Momento que nem sempre é fácil para o estudante porque surgem várias dúvidas, e sempre há muito expectativa sobre o resultado.

Os trabalhos feitos em formato de monografia são importantes porque incentivam a reflexão dos estudantes, mas o desenvolvimento de um produto é também uma forma eficaz de fixar conhecimentos e dar os primeiros passos rumo a uma carreira empreendedora.

O TCC feito como produto ou ideia de uma startup, por exemplo, pode ser a melhor maneira de unir conteúdo teórico e conhecimento prático. Isso porque o aluno não tem como iniciar o trabalho sem antes ter uma boa base de como pode ser feito e também do que já foi feito anteriormente em relação ao que deseja desenvolver.

TCC prático já é realidade

A substituição de monografias por produtos finais como TCC já tem acontecido na prática. Na faculdade paulista FIAP, desde 2015, os formandos de cursos de graduação e também os de MBA desenvolvem planos de negócios para as startups criadas em sala de aula.

A iniciativa é destacada pelo professor Marcelo Nakagawa, diretor de empreendedorismo da FIAP. Segundo ele, a mentalidade empreendedora tem sido cada vez mais valorizada pelas organizações.

Também de acordo com Marcelo Nakagawa, a elaboração de um trabalho prático é a oportunidade que os alunos têm de aprender técnicas de planejamento e inovação que ainda estão sendo implementadas nas instituições de ensino.

Por isso, os professores devem incentivar que as disciplinas de caráter menos prático sejam verdadeiras aliadas na hora do desenvolvimento do TCC. A possibilidade de que algo inovador seja criado ou proposto aumenta na medida em que o aluno amplia seu leque de referências sobre o assunto a ser abordado. Saiba como orientar o aluno que deseja fazer um trabalho prático:

  1. Prepare aulas de orientação: mostre aos estudantes que existem diversas possibilidades além das monografias e que é possível aliar todo o conhecimento adquirido em sala de aula a um produto final ou mesmo uma ideia que possa ser colocada em prática.
  2. Busque referências: apresente aos alunos os trabalhos de conclusão de curso que resultaram em grandes projetos e iniciativas empreendedoras. Uma maneira atual e que costuma despertar muito interesse é falar sobre as startups. Muitas delas surgiram a partir das atividades desenvolvidas ao longo do curso de graduação e que tiveram como resultado o TCC.
  3. Interesses e possibilidades: estimule os estudantes a pensar sobre quais são seus principais interesses e o que desejam fazer após formados. Isso é fundamental para que eles já comecem a dar os próximos passos da própria carreira.
  4. A profissão na prática: mostre que, ao elaborar um trabalho prático, o aluno terá a oportunidade de vivenciar também os desafios da profissão que escolheu. Uma vez identificados os interesses, o estudante poderá pensar em soluções reais para problemas e/ou chances reais de crescimento para o que já vem sendo feito na área que escolheu.
  5. O futuro da ideia: depois de já definidos os trabalhos, importante é avaliar juntamente com os estudantes a viabilidade econômica da ideia. Se o objetivo é mostrar ao aluno que é possível colocar em prática o projeto desenvolvido, é preciso analisar antes se, em termos financeiros, o TCC pode ser uma opção real no futuro.
  6. Estágio como ferramenta de aprendizado: o estágio temático para desenvolvimento do produto final de conclusão da graduação é uma ótima maneira para que o estudante vivencie no dia a dia o que foi aprendido dentro de sala de aula. A partir do estágio temático, o estudante poderá, inclusive, desenvolver melhor a ideia do que pretende elaborar como TCC.

Viu como é possível estimular a produção de produtos finais como forma de aliar conhecimento e prática no momento da conclusão de curso dos estudantes? Com uma boa orientação e avaliação da viabilidade da ideia, as possibilidades são diversas!

leia também

7 formas de criar mais engajamento na educação infantil
continuar lendo
Educação 5.0 x 4.0 – entenda as diferenças entre os conceitos
continuar lendo
Conheça 4 iniciativas de Educação Empreendedora premiadas no Brasil
continuar lendo

Quer ficar sabendo de tudo antes? Assine a
newsletter e receba novidades no seu e-mail.

x
área restrita
Usuário
senha
×