Descubra como usar o podcast na educação

 

A democratização do acesso à tecnologia tem influenciado de forma incisiva a vida do ser humano, tanto nas atividades do cotidiano quanto nos processos da educação e aprendizagem das novas gerações. Na verdade, mais que influenciar, é possível dizer que o uso das tecnologias de informação e comunicação (TICs) na educação está promovendo verdadeira revolução no ambiente escolar, criando outras formas de ensinar e de aprender.

No contexto da Educação 4.0 – a educação transformada pela tecnologia –, já não há mais espaço para aulas 100% expositivas ou material didático e suportes exclusivamente tradicionais. Isso demanda que o professor se renove, inserindo novas mídias na rotina de ensino para uma educação mais interativa, dinâmica e autônoma.

Uma dessas ferramentas é o podcast, conteúdo de mídia em áudio, semelhante a um programa de rádio, que pode abordar variedades ou temas específicos. Apesar de não ser uma mídia tão nova (já são quase 15 anos de existência no mundo e pelo menos 10 anos no Brasil), os podcasts sempre tiveram, ao longo de sua história, alcance mais restrito e segmentado. Mas esse cenário vem mudando.

Popularização dos podcasts

O hábito de produzir e consumir podcasts tem se tornado cada vez mais popular. Em 2018, uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Podcasters (ABPod) apontou que 50% dos respondentes ouviam podcasts diariamente. Isso se deve à abertura de plataformas como o Deezer e o Spotify, a partir de 2017, para a veiculação desse formato e à facilidade e baixo custo de produção e disponibilização.

Outro fator que conta a favor da popularização do podcast é o consumo sob demanda: você pode ouvir o que quiser, quando quiser.

O Nerdcast, um dos programas pioneiros no Brasil, foi o criado em 2006 (o primeiro podcast brasileiro foi produzido em 2004) e é popular até hoje, com sua programação voltada para cinema, jogos, história, literatura e quadrinhos. Outra referência é o Mamilos, lançado em 2014 com a proposta de fazer “jornalismo de peito aberto”, abordando assuntos polêmicos de maneira empática e bem humorada.

podcast na educação

Como usar o podcast na educação

Informativo, dinâmico, sob demanda e de baixo custo, o podcast é uma ótima ferramenta para atender aos anseios dos jovens na educação, seja com a produção deles ou com a dos educadores. Veja algumas possibilidades:

Ferramenta de trabalho para alunos

Produzir um programa da turma pode ser uma excelente forma de incentivar o trabalho interdisciplinar, em que cada disciplina contribua para o debate sobre um mesmo tema. O mesmo pode ocorrer com apresentações de trabalhos finais ou em grupo: sintetizar o conteúdo aprendido em áudio ajuda os alunos a elaborar melhor o conhecimento, enquanto trabalham na tarefa de traduzi-lo em uma linguagem simples e objetiva. A ferramenta é ainda uma boa maneira de incentivar a atuação em equipe, já que o formato dos podcasts favorece o trabalho colaborativo, tanto nas etapas de pesquisa e apresentação, quanto nas de locução (muitos têm o modelo de “mesa-redonda”) e veiculação.

Gestão do conhecimento

A distribuição gratuita e livre também facilita o compartilhamento de conhecimentos e troca de ideias e pode funcionar como um mecanismo de gestão do conhecimento dentro da instituição de ensino ou aberto ao público. Professores e alunos com interesse em produzir conteúdo específico para a educação podem fazer dele um recurso educacional aberto. A partir daí, é possível baixar os áudios gravados para que sejam ouvidos em qualquer lugar.

Gravação de aulas

Muitos alunos têm o costume de gravar o conteúdo das aulas para consulta e revisão posterior. Nas universidades, é muito comum ver na mesa do professor gravadores e celulares. Os áudios das aulas servem como material de apoio, porém, muitas vezes, têm qualidade ruim. Com um equipamento simples de gravação, o professor consegue capturar sua fala pelo microfone e disponibilizá-la de forma rápida e simples aos estudantes.

As gravações em áudio são ótimas opções para quem tem alunos com deficiência visual ou visão comprometida, incrementando sua experiência de acessibilidade.

Conteúdo extra

Um podcast com conteúdo extra pode ser usado para que o aluno vá além do conhecimento transmitido em sala de aula. O professor pode gravar um conteúdo introdutório usando a estratégia da sala de aula invertida e possibilitando que o aluno se prepare paras as aulas. Outra possibilidade é disponibilizar material extra em áudio para os estudantes que se interessem mais pelo assunto e queiram aprofundar seus estudos.

Fácil de ouvir em salas de espera, intervalos ou no trânsito, o podcast também pode ser usado como ferramenta para pesquisa e atualização dos professores. Pensando nisso, selecionamos alguns programas e cursos para você que quer aprender mais de empreendedorismo e educação. Confira!

leia também

Projeto Legado: empreendedorismo social para jovens da rede pública
continuar lendo
Por que o fact-checking contribui para a educação de qualidade?
continuar lendo
Oportunidades do método Montessori para o empreendedorismo
continuar lendo

Quer ficar sabendo de tudo antes? Assine a
newsletter e receba novidades no seu e-mail.

x
área restrita
Usuário
senha